Pesquisa bibliográfica

Expressão de pesquisa
 
Registos: 01 | 00 ms
[323772]  Show Record 
Avaliação da recarga do Sistema Aquífero dos Gabros de Beja segundo os critérios múltiplos : disponibilidades hídricas e implicações agro-ambientais / Eduardo A. Paralta... [et al.]. - Praia : [s.n.], . - il., 5 figuras e 6 quadros ; 30 cm. - Sep. de: Actas do VI Simpósio de Hidráulica e Recursos Hídricos dos Países de Língua Oficial Portuguesa - 6º SILUSBA, vol. 3, Praia, Cabo Verde, 10-13 Novembro 2003, p. 501-516. - Bibliografia. - O Sistema Aquífero dos Gabros de Beja, ocupa uma área aproximada de 350 km2 e constitui um dos mais importantes reservatórios de águas subterrâneas instalado em rochas cristalinas básicas na região semi-árida do Alentejo (Sul de Portugal). Os recursos hídricos subterrâneos são usados no abastecimento público de três concelhos e regadio. Trata-se fundamentalmente de uma região rural, com solos de boa qualidade, onde se pratica a monocultura cerealífera extensiva. A partir de informação histórica recolhida na CM de Beja sobre o volume de extracções anuais e registos obtidos nos últimos 5 anos sobre balanço de massa de cloretos na água subterrânea e de precipitação, modelos de balanço hídrico sequencial diário (Balseq e Earth), curvas piezométricas e distribuição anual da precipitação foi possível obter um intervalo de recarga ou precipitação eficaz para a área do Sistema Aquífero do Gabros de Beja. Uma correcta avaliação dos recursos hídricos subterrâneos renováveis anualmente é fundamental na gestão dos recursos disponíveis para abastecimento público e agricultura, numa situação de conflito de interesses durante o período estival ou em anos consecutivos de seca. Também do ponto de vista agro-ambiental é importante definir quais as épocas do ano em que o potencial de lixiviação de fertilizantes é maior, no sentido de contribuir para uma gestão mais racional dos agro-químicos e estimar o volume de perdas para as águas subterrâneas.
Descritores: Sistemas aquíferos | Recursos hídricos | Balanço hídrico | Piezometria | Sistema Aquífero dos Gabros de Beja (Portugal)
Cota: 15-s184|LNEG