Pesquisa bibliográfica

Expressão de pesquisa
 
Registos: 08 | 03 ms
[118135]  Show Record 

O olhar do outro / Diana Andringa. - Lisboa : CIDAC, . - Pag. var.
In: . - Nortisul^hNº 2^dOut.-Dez. 1991 : p. 36-37
Descritores: História | Guerra colonial | Luta de libertação | Cultura | Guiné-Bissau | Portugal
Cota: PP515/2/91|CIDAC
[118943]  Show Record 

O papel da cultura num mundo sem fronteiras / Pepetela, Germano de Almeida, Diana Andringa. - Lisboa : CIDAC, . - 15 p.. - Corresponde a: Colóquio Europa: desafios na unidade e na diferença, organizado por CIDAC, Lisboa, 1993
Descritores: Literatura | Estudo entrevista | Europa | Portugal | Angola | Cabo Verde
Cota: PALOP-lit. I-3|CIDAC
[122056]  Show Record 

Angola : a guerra acabou? / Diana Andringa. - Lisboa : CIDAC, . - Pag. var.
Descritores: Conflito armado | Política | Partido político | Angola
Cota: PP515/1/91|CIDAC
[122315]  Show Record 

O olhar do outro / Diana Andringa. - Lisboa : CIDAC,
In: Nortisul. -Nº 2, (Out.-Dez. 1991), p. 36-37
Descritores: História | Guerra Colonial | Luta de Libertação | Cultura | Guiné-Bissau | Portugal
Cota: PP515/2/91|CIDAC
[193569]  Show Record 

Dundo, Angola / Diana Andringa. - ver a semana na África
In: A Semana na África. - Nº 72 (Jan. 1993), p. 6
Descritores: África Meridional | Angola | Violência política
Cota: PP1346|AHM
[244309]  Show Record 

Não é, cada um de nós, o guardador do seu irmão? / Diana Andringa
Descritores: Migração | Racismo | Europa | Portugal
Cota: PP462/3/96|CIDAC
[350912]  Show Record 

Em demanda do Grão-Cataio ou Reinos do Tibete / Alfredo Caldeira e Diana Andringa. - Lisboa : Embaixada da India em Lisboa, . - [1] f.
Descritores: História | Portugal
Cota: 0873-EXP|FO
[374382]  Show Record 

Voltar : memória do Colonialismo e da Descolonização / Sarah Adamopoulos ; pref. Diana Andringa. - Lisboa : Planeta Manuscrito, ([Lisboa] : Guide-Artes Gráficas. - 315, [2] p. : il. ; 23 cm. - «(...) Eis um livro a diversas vozes que, mais do que invocar os destroços humanos do Império que à pressa se desfez, compõe uma memória plural dos imbricados processos de colonização, descolonização e retorno. Um livro de história e de memórias, de discursos e identidades múltiplas, como convém a uma sociedade aberta, que só o será se não quiser esquecer as vivíssimas transformações que conheceu nos tempos de abril.».
Descritores: África lusófona | Portugal | Colonialismo | Descolonização | Migração de regresso | História | Testemunho | Literatura
Cota: 10-(1)-8-13-11|BGUC